Já que as velas estão ganhando tanto destaques precisamos colocar esse assunto da fotossensibilidade para rodar!

Primeiro deixa eu explicar basicamente o que significa essa palavra tão grande e tão comentada aqui no mundo dos cosméticos criativos.

Fotossensibilidade é uma reação incomum de sensibilidade extrema de um produto, ou superfície quando exposta à luz do sol ou a fontes luminosas artificiais, induzidas por substâncias químicas ou naturais. No caso das fragrâncias sempre notamos essa reação com as mais adocicadas quando principalmente contém em sua formulação derivados de baunilha ou outras substâncias que são sensíveis ao sol e na maioria das vezes essa reação torna esse produto ou superfície acastanhados.

Já nas velas notamos pouca alteração, fizemos a cerca de 2 meses teste com toda a nossa coleção de fragrâncias exclusivas para velas e ao ficar exposta aos raios de sol e também luz artificial com intensidade elas mudaram um pouco a sua cor inicial! O tom mais forte chegou a ficar palha e não marrom como algumas ficam no mundo dos cosméticos criativos.

Separamos 3 classificações sendo que as primeiras são nulas no fator de fotossensibilidade, mantiveram a sua cor inicial. São elas as:

Lemongrass
White Jasmin
Cereja e Avelã
Cascas e Folhas
Frutal Island
Pêssego Candly
Confort Musk
Blue Ocean
Romantic

Já as classificadas em 2° nível são de baixíssima reação! Tirando a base da vela de branco para quase creme, levemente amarelada. São elas as:

Canela Spicy
Green Life
Lavandim
Cerejeira
Lovely
Confort Baby
Morango com Chantilly

Categorizamos em um 3° nível as fragrâncias que alteraram suas cores iniciais, tornando a sua base areia mas nada muito relevante! Podemos notar que essas são as notas mais adocicadas e intensas, são elas as:

Coconut Candle
Madeira Negra
Cinnamon Pancakes
Aromatic
Vanilla Sugar

Mas o que fazer quando a sua vela sofrer ou ao saber que a nota que você mais gosta pode ter essa reação de fotossensibilidade?

Na maioria dos casos eu admiro o tom e o mantenho assim tornando essa reação algo valorizado. Mas temos que lembrar que estamos falando de velas brancas, quando você pensar em fazer velas coloridas essa reação será quase imperceptível. Então pode ficar tranquila por que em velas o problema é quase zero!

Mas tem uma outra reação que torna a vela bem amarela que incomoda muito e por ser uma reação inimaginável, quando ela surge pode mudar todo caminho da paleta de cores desejada. Essa reação acontece apenas quando o ponto de fusão é ultrapassado em uma porcentagem alta! O que eu quero dizer; quando você põe para derreter a sua parafina ou cera e você ultrapassa demais a temperatura. Isso chega a oxidar o produto e após a secagem e resfriamento ela começa a amarelar fortemente mesmo sem fragrância.

Bom então aquele jeito econômico de não perder ou não desperdiçar sua matéria prima, no mundo das velas aromáticas você terá que ter o cuidado redobrado para não ver acontecer essa reação.

Segue a baixo o ponto de fusão de cada base para você sempre trabalhar com temperaturas mais amenas e nunca ultrapassar essas temperaturas e assim trabalhar com mais segurança e qualidade.

Parafina Vegetal de Soja 90 graus
Parafina Gel 85 graus
Cera Vegetal de Coco 80 graus
Gordura Vegetal 75 graus

Mais uma informação rápida! Quando acontece a mudança de cor não muda a textura da vela e nem mesmo altera o perfume da vela.

Espero que todas essas informações tenham sido úteis para você e pode ficar tranquila que sempre que eu descobrir informações importantes como essas eu farei os testes e tratei para você. E lembre-se a base para ter uma vida empreendedora mais segura e em evolução é o estudo e conhecimento continuo.

Não deixe nunca de estudar e ser ousada para testar e entender de verdade o melhor caminho a seguir.

Beijos e até o próximo post.
Atenciosamente Peter Paiva.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *