Hoje temos um post muito especial, que marca o retorno do Peter Paiva como colunista do Blog do elo7, que honra! Seja bem-vindo novamente, Peter <3

Você consegue pagar as suas contas? Você se sente recompensada pelo seu trabalho no fim do mês? Como está o seu valor? Ficou pensativa com as perguntas? Então vamos conversar.

Há tempos queria escrever sobre esse assunto para tocar diretamente aquelas pessoas que vendem o seu suado trabalho a preço de banana. Quando me deparo com lembrancinhas com valores baixíssimos aqui no Elo7, eu me pergunto: “esse artesão sabe fazer conta? Será que ele acha que com uma margem baixa como essa, ou às vezes, sem margem de lucro nenhuma, vai crescer algum dia nesta profissão?”

Para provar que os preços são absurdamente baixos e fora da realidade de uma venda, eu rodei a Rua 25 de março, uma das ruas mais conhecidas de São Paulo, onde o comércio varejista é imenso e encontramos por lá o que tem de mais barato no Brasil. Pois bem, achei produtos bem mais caros e sem qualidade alguma.

Conversando com pessoas que realmente estão crescendo na área do “faça você mesmo”, eu decidi provar para estas pessoas que o crescimento se dá pelo valor que temos e embutimos no nosso trabalho. A realidade é que quem se valoriza é valorizado e quando falamos de lembrancinhas, não podemos achar que o que fazemos com tanto amor deve se comparar ou até mesmo se desvalorizar com relação aos produtos made in China! Outra informação importantíssima, os que vivem – e não apenas sobrevivem – deste mercado focaram na qualidade de seus produtos e em profissionalização.

Seriamente eu te pergunto: quanto tempo mais você vai esperar para ter realmente lucro com o seu trabalho manual? É preciso entender que, antes de vender algo a um preço irrisório, é necessário embutir os custos, a exemplo do transporte ao local de compra, a mão-de-obra (e muitas vezes contamos com a ajuda do marido, filhos, mãe, que dedicam seu tempo em ajudar sem cobrar nada em troca), o tempo de sua produção etc.

Então, acorde e valorize-se! Vista uma roupa bonita, arrume-se, endireite a postura e sonhe mais alto! Compreenda que apesar de trabalhar em casa, você deve se valorizar e consequentemente, valorizar seu trabalho.

TEXTO ESCRITO NO BLOG DO ELO 7  Leia mais!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *